Condicionamento físico dos atores

Tenho recebido alguns emails a respeito de meus posts sobre atores. Ok, o proximo não será somente a eles, mas é que tenho mergulhado um pouco mais nesse tema, em função de meus estudos de mestrado. Mas sempre que estudo algo, obviamente não se restringe aos atores, mas apenas aprofundo neles. E o que estudo para os atores-atletas de musicais, pode e será util a todos os alunos de academia. Num dos emails que recebi há uma pergunta que gostaria de responder por aqui:

"Por que é tão importante o condicionamento físico ao ator?"

Isso porque com o condicionamento físico aprimorado, o processo de obtenção de energia é otimizado, de modo a melhor aproveitar as reservas energéticas do organismo. O depósito de glicogênio nos músculos se torna maior, com mais mitocôndrias nas fibras e melhor metabolismo energético. Melhora-se a capacidade cardiorrespiratória, propiciando um fluxo sanguíneo mais eficiente. A vascularização muscular aumenta, permitindo a melhor captação de oxigênio pelas fibras musculares e transporte e liberação do oxigenio pelas hemácias.

Devido ao maior volume disponível de oxigênio, os quimiorreceptores sensíveis às variações de pressão de O2, CO2 e pH sanguíneos serão menos ativados e, dessa forma, o sistema nervoso autônomo simpático terá sua atividade também reduzida na variação da pressão arterial durante o esforço.

O ator bem condicionado tem uma vantagem que também os atletas apresentam referente ao volume respiratório máximo (volume máximo de ar que o indivíduo consegue ventilar por minuto), pois atinge esse limite com menos movimentos (contrações musculares intercostais) e com maior rendimento. Essa vantagem pode influenciar no rendimento físico do ator no palco em demandas de intensa sobrecarga mecânica, como é o caso de coreografias ou demandas físicas do teatro.

Há ainda no ator bem condicionado uma regulação hormonal que lhe propicia maior aporte de GH (além de glicose e oxigênio disponíveis) que age na cartilagem óssea (promovendo ganho de tecido ósseo) e no tecido adiposo (estimulando a síntese de enzima lipase hormônio sensível que quebra os triglicerídeos para liberação de ácidos graxos e glicerol utilizados para produção de energia).

Na função no palco, em escalada de cenários ou entra e sai de coreografias, ou mesmo em movimentação frenética de teatro-físico, os atores estão sujeitos a diminuição de glicemia durante todo o tempo do espetáculo. Ha aumento do cortisol e do catabolismo, com quebra de proteina. Além de uma nutrição e hidratação adequada, o ator bem condicionado tem regulação hormonal que lhe propicia maior aporte de GH (além de glicose e oxigênio disponíveis) que age na cartilagem óssea (promovendo ganho de tecido ósseo) e no tecido adiposo (estimulando a síntese de enzima lipase hormônio sensível que quebra os triglicerídeos para liberação de ácidos graxos e glicerol utilizados para produção de energia).

Sendo assim o ator preparado tem rendimento melhorado e os efeitos negativos do esforço físico e catabolismo diminuídos. E o risco de lesão e afastamento dos palcos diminui também.

0 comentários: