Cerveja e barriga

Mais uma vez o álcool gera dúvidas. Agora trata-se da cerveja, a paixão nacional que nem sempre desce redondo. Mas que certamente está no copo de muita gente que não esta na academia treinando. E as dúvidas dizem respeito a cerveja com barriga. Seria uma consequência da outra?

Diretamente, não. Segundo alguns nutricionistas a cerveja sozinha não daria barriga. No entanto, o excesso dela, somado dos acompanhamentos gordurosos e calóricos, estes sim fariam barriga. E pior ainda sabendo que a fermentação da cerveja leva à formação de gases, e consequente distensão abdominal, cabendo mais espaço para "aperitivos engordativos".

E isso piora sabendo-se que ninguém toma cerveja desacompanhada, pois senão a desidratação e o álcool sanguíneo logo deixariam a pessoa bêbada e terminaria com o happyhour. O que nos leva a pensar que, para ser consumida, a cerveja distende a barriga e ainda pede bastante aperitivos calóricos.


E apesar de relativamente menos calórica que uma caipirinha, o álcool da cerveja ou de qualquer outra bebida acaba por prejudicar o crescimento muscular, e joga por água abaixo o seu treino de hipertrofia. Além disso, conforme já escrevi aqui antes, o álcool provoca desidratação no organismo e perda de sais minerais.

Essa desidratação, que muitos chamam de efeito diurético da cerveja, é acompanhada de uma eliminação de sódio superior à que se dá com a água. Para alguns fisiologistas a presença de compostos fenólicos na cerveja é a causa da diurese mas, para outros, o fenômeno tem a ver com o bloqueamento do hormônio anti-diurético.

De qualquer forma a desidratação, a perda de sais minerais e de proteínas, são efeitos colaterais ruins para quem quer treinar pesado, hipertrofiar a musculatura, definir o corpo e obter menor massa gorda.

Além disso, as calorias consumidas na cerveja e junto dela, são convertidas no fígado em gordura. Que nos homens acumulam-se na região abdominal (tipo andróide) e nas mulheres na região dos quadris e glúteos (tipo ginecóide).

Assim temos que a cerveja produz mais gordura e menos músculos. O resultado disso é a barriga, piorada com a falta de tônus na musculatura abdominal. Se você gosta dela, então aproveite-a e viva feliz. Senão, modere no consumo e venha treinar numa academia.


 Dicas para diminuir o volume da barriga

 · alimentação equilibrada, 6 vezes ao dia, evitando gorduras, frituras, sal, doces e refrigerantes, deixando o jantar leve e, preferencialmente, com pouco carboidrato.

 · aumente a ingestão de fibras e água (no mínimo 2 litros por dia).

 · pratique atividade física e atividades aeróbias

0 comentários: