Escolha da academia

Tenho recebido perguntas de leitores que acompanham meu blog acerca de como escolher uma academia. São dúvidas comuns e importantes, pois decidem o sucesso ou fracasso de seu treino. Será que você soube escolher bem?

Em primeiro lugar, é importante você seguir sua intuição. Ao entrar na academia, avalie se a "energia" te agrada, pois lá você passará boas horas do dia. Ela deve ser mais atraente do que o happyhour com amigos e muito mais atraente do que sua própria cama.

Além disso, repare logo de cara os quesitos básicos: higiene, iluminação, decoração, espaço entre as máquinas e, o mais importante, o rosto dos alunos que estejam treinando. Tente perceber se eles treinam pesado, se estão motivados, se eles se sentem num ambiente agradável e produtivo. Se ocorre boa sociabilidade entre eles. Todas essas informações você percebe só de olhar e vai pesar muito na sua escolha final.

Depois avalie a parte técnica. Veja a marca e o estado dos aparelhos. Se aparentam ser confortáveis e em bom estado de higiene e manutenção. Mas lembre-se: apesar de importantes, não são fundamentais para todos os treinos. Depende do teu objetivo, pois podemos realizar treinos incríveis somente com halteres e elásticos.

Quanto ao treino, tente saber como são montadas as fichas de treino. Se há computadores para isso, ou se são feitas a mão, em fichas de papel. Quem as faz e qual o procedimento da academia.

Sabia que nos Estados Unidos, as academias somente oferecem o primeiro treino ao aluno? Depois disso, ele deve contratar um professor para que monte os treinos subsequentes, mesmo que não seja o personal trainer diário. A isso se devem os valores mais baixos das mensalidades das academias americanas. Portanto, já que você pagará pelo serviço, que seja feito o bom uso. E para tanto, um professor qualificado é fundamental.

Tente ver a qualificação dos professores. Procure saber se todos são formados, ou se há mais estagiários no local. Se houver, desconfie. Durante o dia de experiência, analise o treino que o professor propôs e as explicações dadas. Procure tirar dúvidas quanto ao treino, e veja as respostas que recebe. Não é o caso de aplicar um teste no coitado do professor, mas apenas averiguar se ele sabe do que está falando.

Além do ambiente e dos equipamentos, o ponto chave da escolha da academia deve ser o professor que te auxiliará nos treinos. Ainda mais se você não tem como pagar um personal. Pois ele é quem definirá o plano de treino para que você alcance seu objetivo. Se o plano for errado, o fracasso será o resultado.

Por fim, avalie o preço. Consulte academias concorrentes e veja se a mensalidade está adequada aos serviços oferecidos, baseado nessa pesquisa de mercado. Algumas academias oferecem desconto, outras convênios com empresas. Há ainda desconto para o pagamento anual. Veja o que mais é conveniente e pense que se trata de um investimento em sua saúde, qualidade de vida e bem estar.

As vezes vale mais economizar na balada de final de semana e investir um pouco mais numa academia melhor. Sentir-se num ambiente agradável, com qualificação técnica e que te traga o retorno esperado, não tem preço.

1 comentários:

Carol disse...

Adorei a foto!! kkkkkkkk