Celulite na academia

Outro dia uma amiga jornalista me chamou querendo uma entrevista sobre celulite. Confessei que não era muito minha área de estudo, que não poderia dar informações aprofundadas, mas que o básico e de senso comum eu poderia explicar.

Afinal de contas todos nós sabemos que a celulite, ou a Lipodistrofia Ginóide, ocorre por influencia genética e excesso de gordura sub-cutânea. O acumulo de gordura e a inflamação localizada geram os furinhos na pele. Por isso o nome lipodistrofia (distrofia da gordura) ginóide (referente a mulher, se fosse ao homem seria andróide).

Sabemos também que não existe fórmula mágica para se combater a celulite. Apenas serve a dieta com pouca gordura e a pratica de exercicios fisicos.

A prática regular de atividades físicas tende melhorar a circulação e oxigenação sanguínea, diminuindo a  gordura responsável pelo processo inflamatório que provoca os indesejáveis furinhos. Os exercícios aeróbicos são boas estratégias para isso, porém exercícios de força deixam os musculos mais firmes e faz o tecido da pele ficar com a superfície mais uniforme.

Além disso, é importante o controle da retençao de liquidos. A dieta com restrição de sais (de todos os tipos), enlatados, chá mate, café e álcool ajuda nesse controle.  Melhor ainda com aumento da ingestão de água, visando eliminar mais toxinas.

Mas além dessas informações básicas e já conhecidas, em especial porque as revistas publicam insistentemente sobre o assunto, fui pesquisar um pouco mais e descobri algumas respostas:

Porque homens não tem celulite ?

Realmente isto é verdade e a causa deve-se ao tecido gorduroso do homem e da mulher serem essencialmente diferentes. Na mulher existem septos (pequenas cordas fibrosas que separam porções de células gordurosas) mais finos e com orientação reta, enquanto que nos homens esses septos são mais grossos e resistentes e com orientação obliqua. Estas características fazem com que o tecido se expanda em direção à superfície e à pele na mulher e em direção ao músculo e à profundidade no homem.

Outra diferença é a ação do hormônio feminino, claro presente na mulher e ausente no homem. A alteração provocada pelo excesso de tecido gorduroso, depositado nas regiões preferenciais da mulher, dirigidas pela ação hormonal e com conseqüente compressão nas veias e linfáticos e a alteração no funcionamento microvascular provocada pela ação hormonal, levam o ao ciclo vicioso de aparecimento de celulite.

Por que mesmo modelos muito magras, que se pressupõe ter uma alimentação restrita, podem ter celulite? 

 Porque o que interessa não é o peso, e sim a composição do corpo e a distribuição da gordura. Uma modelo pode ser magra no peso e se preocupar pouco com os exercícios e alimentação, mas o pouco de gordura que acumular nas células podem comprimir os microvasos e causar o aparecimento de celulite. Ocorre nelas também o que ocorre em qualquer mulher: a predisposição genética, com retenção de liquidos e sais, além da flacidez muscular e acumulo de tecido adiposo num pequeno local.

Quando se deve começar a prevenir e a tratar a celulite?

Uma correta alimentação, o controle de peso e atividade física são importantes em qualquer idade. Não só por questões estéticas, mas por saúde. Na adolescência, quando os hormônios femininos aparecem, o processo de celulite já começa a se instalar se estiver presente o excesso de gordura corporal.

Por que quando emagrecemos continuamos com a celulite?

A mulher deposita gordura preferencialmente no quadril, de dificil remoção. Quando ocorre o emagrecimento, a gordura pode ser eliminada de outras partes do corpo, mas continua presente na região de celulite.


A gravidez piora a celulite?

Sim, pois altera os hormônios femininos, que por sua vez aumentam a deposição de gordura localizada, alteram a circulação nas veias e microveias, e retém água no corpo. Mas uma gravidez bem conduzida não provocará alterações estéticas muito importantes, bastando o controle alimentar e atividade fisica.

0 comentários: