Overtraining

Chegando o verão e as academias voltam a lotar. Todos buscam o corpo magro e sarado pra desfilar na praia, como se tivessem treinado durante todo o inverno. Porém, o corpo da graves sinais de cansaço e a definição não aparece, nem músculos...


Eis então o quadro de overtraining, ou seja, quando o treino é demasiado intenso ou volumoso que impossibilita a recuperação adequada até o próximo treino.

Muitos alunos apresentam os sintomas de overtraining. Não basta se jogar na academia e ficar 2 horas suando e puxando ferro indiscriminadamente. O corpo precisa de descanso, nutrição adequada e treino bem elaborado para se conseguir o resultado esperado.

Sintomas do overtraining

• Paralisação no ganho de massa muscular
• Falta de energia logo no começo do treino
• ou mesmo fata de vontade de treinar
• Os músculos ainda doem muito desde o último treino
• Dificuldade para dormir ou descansar, insônia
• irritabilidade, ansiedade, estresse demasiado
• Falta de energia para as tarefas do dia-a-dia
• Em casos extremos, sintomas de depressão e ansiedade

A fim de evitar esse overtraining, muito comum em épocas de ansiedade por corpo esteticamente perfeito, é importante que você planeje bem com teu personal ou professor de academia os treinos semanais e mensais.

Ele chamara isso de micro ciclo e médio ciclo de treino. Cada um desses ciclos terá uma meta que, quando cumpridas, te levarão ao bem sucedido objetivo.

Ele levara em conta teu tempo livre para treino, a demanda física de teu trabalho, os horários de teus treinos, os horários de dieta, tua capacidade física, teu VO2, teus objetivos e, principalmente, tua vontade de treinar.

Tendo esse planejamento feito com critério e embasamento científico correto, não tem como errar. Ainda que um dia ou outro o treino pareça muito fácil, siga esse planejamento. E capriche na dieta nutricional planejada.


 

0 comentários: