Preparo técnico para a Copa

Sempre insisto em meus posts e com meus alunos que o preparo técnico e a boa formação acadêmica, com respaldo de literatura científica atualizada, são fundamentais ao bom preparador físico e seus resultados com atletas e alunos. Nessa Copa a Alemanha comprova isso...



Enquanto os jogadores brasileiros treinaram no frio de Teresópolis, sua casa sede, em meio a invasão de torcedores e equipes de gravação de programas de TV, além das festas e batuques, a seleção alemã comandada por Joachim Löw se preparou na Bahia, numa temperatura mais próxima da maioria de seus jogos nessa Copa, usando de literatura científica há mais de 2 anos...

Mas esse erro não foi só do Brasil. Outras grandes equipes européias também tiveram falhas de treinamento e preparação física, conforme já escrevi aqui no blog... (leia) Espanha, Itália e Inglaterra foram derrotadas ou eliminadas por times sul-americanos mais adaptados ao calor e umidade daqui.

A seleção alemã também fez festas, curtiu sua estada pelo Brasil e joga na final (neste momento ainda não sei o resultado do jogo), mas certamente foi mais criteriosa e técnica em seu planejamento estratégico para ganhar o mundial. Não a toa que os alemães são chamados de "frios" porém focados na alta tecnologia, cuidadoso estudo científico e excelência de qualidade em sua produtividade. Seja nos carros, nas cervejas ou no futebol...

O auxiliar técnico da seleção alemã Hansi Flick declarou durante seus treinos na Bahia:

"Os estudantes de esportes em Colônia têm estudado aos mínimos detalhes nosso adversário e colocaram cada jogada feita por eles, todo artigo escrito sobre eles, e tudo que já foi divulgado sobre eles sob o microscópio e disponibilizaram todos esses dados a nós"

"Temos essa base de dados imensa da qual podemos partir, junto com nossos olheiros, somos capazes de observar de perto nosso adversário e traçar nossos planos para a partida. É um projeto no qual temos trabalhado intensivamente pelos últimos dois anos. Fomos capazes de compilar algumas informações de qualidade ótima a partir dos dados dos estudantes. Nos ajudou muito a se preparar", acrescentou.

Portanto, sai na frente quem estuda... Sai na frente quem investe num bom preparador físico, munido de conhecimento científico e paixão pelo que faz. Que isso sirva de exemplo às demais seleções, aos preparadores físicos brasileiros, a nós personal trainers e a você que pensa contratar um preparador para treinar em tua academia... 

Ademais, que a seleção alemã sirva de exemplo ao povo brasileiro que estudar e construir bases sólidas são condições fundamentais para o desenvolvimento de uma nação.

1 comentários:

Anônimo disse...

Anderson Oliveira:
Então, 6 meses atrás, os alemães chegaram e:
- Compraram o terreno.
- Construíram um hotel.
- Construíram um centro de saúde.
- Fizeram um campo de futebol.
- Fizeram uma estrada para interligar o centro de treinamento.
- Não trouxeram funcionários alemães, contrataram as pessoas da cidade.

Depois a seleção alemã chegou e:
- Quando não estavam treinando, estavam socializando com as pessoas na cidade e na praia.
- Participaram de festas com a população.
- Interagiram com os índios.
- Vestiram a camisa do time local (o Bahia).

Sobre a vitória em cima da nossa seleção:
- Combinaram no intervalo do jogo em diminuir o ritmo para não humilhar a seleção anfitriã.
- Falaram que seus ídolos são os nossos jogadores do passado.
- Pediram desculpas após a goleada.
- Estão postando nas redes sociais, mensagens de incentivo ao povo brasileiro e agradecendo a hospitalidade.

E vão deixar tudo que construíram para a população da cidade.